terça-feira, 25 de novembro de 2008

O Paradoxo




relojes web gratis




Data e hora local em Israel




Você sabe quem sou eu?
Eu sou o mais humilhado,
o mais empobrecido,
contudo o mais exaltado
e o mais enriquecido.

Eu sou o mais perseguido,
o mais odiado,
muito embora seja o mais seguido
e o mais amado.

Eu sou o mais criticado,
o mais zombado,
todavia o mais respeitado
e o mais louvado.

Eu sou o mais injustiçado,
o mais subjugado,
porém o mais recompensado
e o mais glorificado.

Eu sou o mais esquecido,
o mais incompreendido,
mas também o mais lembrado
e o mais compreendido.

Eu sou o mais indigno,
o mais desonrado,
não obstante o mais digno
e o mais honrado.

Você já sabe quem sou eu?
Pela fé já tem me visto?
Eu sou Yeshua ha Mashiach, o Cristo!
Mas ainda tenho algo a lhe falar:

Na Terra tudo aquilo sofri,
só para lhe salvar.
Na cruz padeci grande dor;
fui réu de morte,
mas demonstrei meu grande amor.
Agora sou Advogado, Salvador e Redentor,
Mas voltarei como Juiz, Rei e Senhor,
para julgar a todo pecador.

ברוך השם כי ישוע הוא מלך של מלכים !

Autor:

פולוס וואלי ✡


Paradox

Do you know who I am?
I am the most humiliated.
I have become the poorest one,
However the most exalted too
And the richest one.

I am the most chased
And the most hated one although,
I am the most followed
And loved one.

I am the most critized
And the most scorned,
But the most respected
And praised one.

I am the most injusticed,
The most misunderstood one,
However also the most reminded
And understood one.

I am the most unworthy
And the most dishonoured one,
Although the worthy
And the most honoured.

Do you know who I am?
Have you seen me by faith?
I am the Messiah!

Nevertheless I have something
To tell you:
On earth, everything I have
Suffered to save you.

On the cross I have endured great pain.
I was taken as a guilt to die,
But I have manifested my great love.
I am your attorney, saviour and redeemer,
But I will come as Judge,
King and Lord to judge every sinner.

ברוך השם כי ישוע הוא מלך של מלכים !

פולוס וואלי ✡

Nota sobre minha assinatura:

Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):


sexta-feira, 21 de novembro de 2008

O juízo de D'us sobre um grande império ateísta



Observação:

Todo esse artigo foi elaborado dentro dos princípios da קבלה, Kabalah, conforme se pode comprovar, através desse interessante estudo sobre o que vem a ser o termo hebraico קבלה, KABALAH.

Prefácio:

No dia 03/12/1991, o repórter do “Jornal Nacional” da TV Globo deu a seguinte notícia:

“MIKHAIL GORBATCHOV diz que nem JESUS CRISTO desunirá a URSS.”

Precisamente no dia 30/12/1991, portanto, antes mesmo que o mês de dezembro terminasse, a URSS se fracionou e deixou de ser aquela potência que aterrorizava o mundo. Cumprindo-se assim o juízo de D'us sobre aquele império político ateísta, que tanto perseguiu, torturou e até matou muitos daqueles que professavam a sua fé em D'us.



relojes web gratis



Data e hora local em Israel




Isso veio confirmar e cumprir um sonho que tivera uma certa senhora que segue o Mashiach, há mais ou menos dois meses antes disso acontecer. Essa senhora estava presente em uma reunião de estudo das Escrituras, numa kehilá do Mashiach em Vila Valqueire, Rio de Janeiro, quando esse artigo estava sendo apresentado. Isso ocorreu aproximadamente no mês de outubro ou novembro daquele ano de 1991. Ela interrompeu a palestra dizendo que há dois dias sonhara que estava visitando aquela Kehilá e que nos via vestidos com aquelas mesmas vestes e que apesar de não nos conhecer, testificava que éramos nós mesmos quem dava a palestra no sonho. E tudo aquilo que no sonho fora dito, era exatamente o que dizíamos na reunião. E disse ainda que D'us lhe falara no sonho para visitar a referida Kehilá e dizia-lhe também que antes daquele ano terminar se cumpriria tudo aquilo que fora falado no seu sonho. E para que não ficasse tudo somente em suas palavras, ela apresentou uma outra senhora e amiga sua que estava com ela, a qual, quando convidada por ela para estar na reunião, disse que não iria, porém quando ela contou-lhe o sonho, logo se prontificou em seguí-la.

Isso é maravilhoso, pois a palavra de D'us diz:

“... para que pela boca de duas ou três testemunhas, toda palavra seja confirmada”
(Mt. 18:16).

Por isso mesmo as duas senhoras estavam presentes para confirmar o sonho e o que D'us falara através do mesmo.

Barukh HaShem!

Bendito seja o Eterno nosso D'us, o qual através do seu Ruach, Espírito nos ilumina para que entendamos as Escrituras!

Mas apesar de ouvirmos tudo aquilo, não entendemos de imediato o que D'us nos queria dizer. Somente após a bandeira vermelha e amarela com a foice e o martelo ser trocada por outra é que tudo ficou claro. D'us havia executado o seu juízo contra a URSS.

Agora as portas para o anúncio das boas novas de salvação estão abertas na Rússia. Halelu-Yah!

Porque nós cremos que assim como a profecia de Daniel 9:27, sobre a “Abominação Desoladora” se cumpriu parcialmente e em menor escala quando o Rei da Síria Antíoco Epifânio invadiu o Templo de Jerusalém e nele sacrificou um porco no altar dos holocaustos, todavia o seu cumprimento total e maior, será através do anti-mashiach, na grande tribulação (Mt 24:15); assim também cremos que as profecias de Ezequiel nos capítulos 38 e 39, já se cumpriram parcialmente com a queda da URSS, mas que o cumprimento total e maior dessas profecias, será após o reinado de Yeshua ha Mashiach, por um período aproximado de mil anos sobre a terra, no trono do rei David, seu pai conforme está registrado no livro de Apocalipse 20:7-10, na chamada “Batalha de Gog e Magog”. Quando D'us destruirá pelo fogo os exércitos de todas as nações que se congregarem para lutar contra Jerusalém, a cidade amada.

Cremos também que as profecias bíblicas, algumas vezes se cumprem por mais de uma vez e em alguns casos até três vezes, como por exemplo:

No livro do profeta Ezequiel 37:21, D'us diz que congregaria os israelitas dentre as nações para onde foram levados e os traria para a terra de Israel. Sabemos que essa profecia já se cumpriu duas vezes e que ainda se cumprirá mais uma vez conforme descrição abaixo:

1) A primeira vez cumpriu-se quando os israelitas voltaram dos cativeiros da Assíria e da Babilônia, da chamada diáspora.

2) A segunda vez cumpriu-se quando os mesmos voltaram da segunda diáspora (em resultado da destruição da cidade de Jerusalém pelos romanos no ano 70 d.e.c.), pelo estabelecimento da nação de Israel através da ONU em 1948.

3) E a terceira vez será cumprida quando Yeshua voltar para estabelecer seu reinado de paz sobre a Terra, pois muitos judeus que ainda não retornaram para Israel por alguns motivos, nesse tempo, não haverá mais motivos que os prendam fora de sua terra.

Por isso mesmo cremos que as profecias de Ezequiel nos capítulos 38 e 39, poderão ter dois ou até três cumprimentos.

O estudo a seguir, foi registrado em 18/10/1991 no escritório de direitos autorais da Fundação Biblioteca Nacional – Secretaria da Cultura da Presidência da República, registro e ou averbações de obras intelectuais sob o nº 73.234, requerido pelo autor (prot. 6061/91). Título da Obra:

“Seria Mikhail Gorbatchov mais um precursor do anti-mashiach?”

Nota: Infelizmente não nos foi possível registrar o nome da irmã que tivera o sonho. Até anotamos o seu nome e endereço. Porém o papel em que os mesmos estavam anotados se extraviou.

Rio de Janeiro, RJ, Agosto/2003.

O Autor.


Seria Mikhail Gorbatchov mais um precursor do anti-mashiach?


Introdução:


O conhecido teólogo Win Malgo, em seu livro “O Acelerado Avanço da Rússia para Israel”, faz o seguinte relato:

“Três conhecidos rabinos israelitas tiveram recentemente o mesmo sonho, que é idêntico a Ezequiel 38 e 39. Conforme o sonho D'us socorrerá seu povo contra Gog, o rei de Magog, que nos tempos finais virá do norte para destruir Israel. Essa luta representa um dos sinais preliminares para o princípio da era messiânica e de paz. Os rabinos são: Israel Abu Chatzara, Jekutiel Judá Halderstamm e Mordechai Sharabi”.

Sem querer basear nossa palavra em sonhos, pois o Senhor diz através do profeta Jeremias:

“O profeta que tem sonho conte-o como apenas sonho; mas aquele em quem está a minha palavra, fale a minha palavra com verdade. Que tem a palha com o trigo? Diz o Senhor” (Yrmiah, Jeremias 23:28). Mas com o sonho desses rabinos o caso é outro, pois aqui sonharam três anciãos de Israel, isso é o cumprimento de Yoel, Joel 2:28, onde se profetiza expressamente sobre Israel. “E há de ser que, depois, derramarei o meu Ruach, Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões”.

Gog, o dito invasor, não seria ninguém além da União Soviética apoiada pelos seus amigos árabes.

A rapidez com que se processam as mudanças políticas na Rússia, a escassez de alimentos, a falta de recursos, e a não ajuda dos países ricos, poderão levar a Rússia ao desespero nas vésperas de um inverno rigoroso que a atingirá desprovida de estoque alimentício. Será que o urso vai morder o anzol? (Ez. 38:4).

Não estou afirmando que será neste ano, e até poderia ser, porém não podemos e não devemos esperar isso para um futuro distante.

Nota:

"Quando escrevi essa frase acima eu nem imaginava que o juízo de D'us viria sobre a Rússia antes mesmo daquele ano terminar, ou seja, que exatamente no dia 30/12/1991, portanto faltando apenas um dia para terminar aquele ano o julgamento de HaShem viesse sobre aquele grande império ateísta. Mas D'us já havia me falado, através do sonho daquela senhora que mencionei no prefácio desse artigo, que isso se cumpriria ainda naquele ano. ברוך השם, barukh HaShem, bendito seja D'us!"

Alguns teólogos afirmam que haverá ainda pelo menos duas grande guerras, a primeira será a invasão de Israel pela Rússia (Gog) Ez. 38 e 39, a segunda será a de Armagedom, que culminará com a vinda do Mashiach em glória.

“Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu, um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno que não passará, e o seu reino, o único que não será destruído”.
(Dn. 7:13-14).

“Eis que vem o dia do SENHOR, em que os teus despojos se repartirão no meio de ti. Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres, forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro, mas o resto do povo não será expulso da cidade. E o SENHOR sairá e pelejará contra estas nações, como pelejou no dia da batalha. E, naquele dia, estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele, para o sul”. (Zc. 14:1-4).

“E o SENHOR será rei sobre toda a terra; naquele dia, um será o SENHOR, e um será o seu nome”.
(Zc. 14:9).

“E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça”. (Ap. 19:11-21).

Alguns teólogos modernos afirmam que a primeira grande guerra, ou seja, o cumprimento da profecia de Ezequiel 38 e 39, acontecerá antes do arrebatamento da kehilá, congregação de Yeshua, cujo objetivo é preparar o mundo para a última semeadura e colheita em massa, conforme Ez. 38:23 e 39:29:

“Assim eu me engrandecerei e me santificarei, e me farei conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que Eu Sou o Senhor”. E ainda: “Nem esconderei mais a minha face deles, quando eu houver derramado o meu Espírito sobre a casa de Israel, diz o Senhor”.
Portanto, além de muitos gentios convertidos, um grande número de judeus será alcançado.

Com a queda de Constantinopla em 1453, Moscou ficou conhecida como a 3ª Roma. Em 1499, Ivan III atingiu o Ural, que Ivan IV, o terrível (1533/1584) transporia, depois de ter anexado as terras do Volga e do mar de Azov; ele recebeu o título de “Grande Unificador da Terra Russa” , foi o primeiro a usar o título de Czar (César).

Certamente Gog, um príncipe que se levantará na Rússia, há de reunificá-la, mesmo em processo de independência de suas Repúblicas.

“Quando MIKHAIL GORBATCHOV assumiu o governo em 1985, afirmou que (alcançaria o que seus antecessores falharam em conseguir – A eliminação da crença religiosa na URSS)”. Extraído do livro “Batalha Mundial”, reeditado em 1991, pág. 265.

Sem querer fantasiar a situação, pois a profecia não precisa disso, queremos apresentar para o povo de D'us esse nosso artigo, o qual demonstra quão próximo está o cumprimento de Ez. 38 e 39, uma das maiores profecias bíblicas:

I – SIGNIFICADO DOS SEGUINTES NOMES NO HEBRAICO DOS TEXTOS DE GÊNESIS 10:2,3,6 E EZEQUIEL 38:2, 3, 5, 6:

(Fora o nome Gog, os demais são os descendentes de Jafé e Cão, filhos de Noé).

1) גוג (Gog) = O próprio texto de Ez. 38:2,3 explica seu significado (príncipe/ chefe/ cabeça).

2) מגוג (Magog) = O prefixo MAG significa (magia) Jr. 39:3.

3) משך (Meshekh/Meseque) = (adquirir e espalhar) Jó 28:18; Sl. 126:6 Adquirir e espalhar a doutrina ateísta e comunista, foi a meta da Rússia em 70 anos. (São habitantes da Rússia).

4) תבל (Tuval/Tubal) = (será guiada / conduzida).
Sl. 45:15, Ez. 38:2,3. Tubal será conduzida junto com essas nações e elas entrarão em Israel. Tobolsk, cidade russa (Is. 55:12).

5) פרס (Paras/Pérsia) = (comer a mesa/ distribuir) Dn. 5:25, 28. O Irã quer comer o despojo de Israel. Ez. 38:5.

6) כוש (Kush) = (terror) A Etiópia quer aterrorizar Israel. Ez. 38:5.

7) פוט (Phut) = (afligir/ afligiu) A Líbia quer afligir a Israel. Ez. 38:5.

8) גמר (Gomer) = (perfeição) A mania do ser humano querer ser igual a D'us. Os alemães nazistas também pensavam assim, pois se achavam uma raça perfeita.(Germanos). Ez. 38:6.

9) תוגרמה (Togarmah) o único que não encontramos significado (Turquia). Ez. 38:6.


II – SIGNIFICADO DO NOME MIKHAIL GORBATCHOV, VALOR NUMÉRICO E SIGNIFICADO DAS LETRAS QUE O COMPÕE NO HEBRAICO:

1) מיכאיל MIKHAIL; do hebraico MIKHAÊL (Miguel) Dn. 12:1; Jd. 9 (מיכאל) – significa: Quem é semelhante a D'us? (Lexicon, pg. 484).

מי (mi) = quem é

כ (kha) = como (semelhante)

איל (‘il) = poderoso (1º Chefe) II Reis 24:15

o vocábulo איל (‘il) é de origem árabe e é o mesmo que אול (‘ul) e significa:

a) chefe / príncipe – II Reis 24:15

b) poderoso – II Reis 24:15

c) força / forte – Sl. 73:4

Sem alterar o valor numérico, essa palavra pode ser substituída por duas outras, uma delas alterando apenas o sentido:

איל (‘ail) = carneiro (Quem é como o carneiro ?)

איל (‘êil) = poderoso (Quem é como o poderoso ?)

Yeshua é o Cordeiro de D'us, ou seja, o Filhote do Carneiro, D'us.

O vocábulo איל (‘il) usado anteriormente, é formado dos prefixos das duas palavras mais importantes do hebraico: יהוה (HaShem) e אלהים (Elohim).

2) GORBATCHOV; seguindo o mais próximo possível da fonética e transliteração, concluímos que pode ser formada com três palavras hebraicas:

a) גור (Gor) = FILHOTE, o mesmo que גור (Gur)
Jer. 51:38, Num. 2:12, Lam. 4:3 (Lexicon, pág. 134).

b) בעת (ba’at) = TERROR/TERRÍVEL (aterrorizar)
I Sm. 16:14, Jó 18:11, Is. 21:4 (Lex. pág. 106).

c) שובי (shuvei) = RETORNAVAM (voltaram/voltar)
Jr. 3:1, Mq. 2:8, Ez. 38:8 (Lex. pág. 704).

Sendo assim, temos uma pergunta e uma resposta:

Quem é semelhante a D'us?

Resposta:

O filhote do terror, ou o terrível, que aterroriza os que retornaram (os israelitas).

Ainda existe uma outra alternativa para a última palavra, no lugar de שובי (shuvei) que significa “retornavam”, teríamos שאבי (sho’avei) que significa “tiradores de água” (água = a Palavra de D'us). Gn. 24:20,45; Dt. 29:10,11; Js. 9:21,23,27. (Lex. pág. 693/694).

E com essa outra palavra temos então a seguinte interpretação:

Quem é semelhante a D'us?

Resposta:

O filhote (ursinho), o terrível, o que tira a água ou os tiradores de água (os russos).

A nação russa e seus aliados em setenta anos de revolução comunista tiraram a água (Bíblia) da boca de muitos povos.

Nota:

(Convém lembrar que o método cabalístico aqui usado também foi usado pelo profeta Daniel, quando ele decifrou a escritura na parede do castelo do rei Belsazar da Babilônia, conforme texto abaixo:

"Esta é a interpretação daquilo: מנא, MENE: Contou D'us o teu reino, e o acabou. תקל, TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. פרס, PERES: Dividido está o teu reino, e entregue aos medos e persas." (Daniel 5:26-28).

D'us distribui dons espirituais aos homens, mas nem todos têm os mesmos dons... E alguns desses dons são indispensáveis para se entender corretamente os mistérios do Eterno. Daniel interpretou a inscrição na parede do castelo do rei de Babilônia porque possuía o dom para fazer essa interpretação, porém ninguém mais estava apto pra tal... Assim também acontece com relação as profecias, pois elas foram profetizadas em códigos inspirados pelo Ruach HaShem, o Espírito de D'us.)

3). Valor numérico de MIKHAIL no hebraico:

A soma das letras é igual a 111, que fala das três essências de D'us: O seu corpo, a sua alma e o seu espírito. Essas três essências formam a sua personalidade. E o ser humano também tem essas três essências que formam sua personalidade, pois ele foi feito conforme a imagem e semelhança do Criador.

Nota: É evidente que D'us é espírito sim, mas Ele também tem uma alma (Yeshayah, Isaías 42:1) e um corpo, um corpo metafísico, espiritual (I Corintios 15:44), não igual ao nosso que é animal e material. Moisés viu o corpo de D'us pelas costas. (Shemot, Êxodo 33:22,23).

Se multiplicarmos o número 111 x 7 teremos como resultado 777, outra vez temos as três essências representadas, pois sete é número perfeito e completo ou o número de D'us e do seu dia (shabat). Mas se multiplicarmos 111 x 6 (número de homem imperfeito e incompleto) = 666. O homem sem D'us é imperfeito e incompleto no corpo, na alma e no espírito; O valor de cada uma dessas essências é seis e elas juntas formam o número 666. Ap. 13:18.

4). Valor numérico de GORBATCHOV no hebraico:

A soma das letras, na primeira hipótese usando o vocábulo (shuvêi) é a seguinte:

Total = 999 que de cabeça para baixo é 666. Ou então somamos com 111 (Mikhail) = 1.110 x 6 = 6.660 divididos por 10 (os dez chifres ou 10 reis do império da besta, Apocalipse 17:12-14) = 666.

Usando a outra palavra (sho’avei) temos o seguinte resultado numérico:

Total = 1.000 x 111 (Mikhail) = 111.000(Gorbatchov) x 6 (nº do homem) =
666.000 (Gorbathov) + 666 (Mikhail) = 666.666

No hebraico se lê da direita para a esquerda, o que equivale a dizer que o número 666 continua a ser Mikhail e 666.000 é Gorbatchov.

5). Significado das letras de MIKHAIL GORBATCHOV no hebraico:

מ (água) Tirarei a ÁGUA (acabar com a religião)

י (mão) com a minha MÃO

כ (palma ou mão curva) ENCURVADA

א (boi) roubarei o BOI

י (mão) sim, com a MÃO

ל (aguilhão) o prenderei num AGUILHÃO.

ג (camelo) Puxarei o CAMELO

ו (gancho) com um GANCHO

ר (cabeça) na CABEÇA,

ב (casa) entrarei na CASA (בית המקדש/Templo/Jerusalém)

ע (olho) com o OLHO (olhar desafiador)

ת (cruz) na CRUZ, (símbolo do Mashiach sacrificado)

ש (dente) morderei com o DENTE

ו (gancho) o ANZOL

ב (casa) e quebrarei a CASA

י (mão) com a minha MÃO.

Esse é o mau desígnio de Gog:

“Assim diz o Senhor: E acontecerá, naquele dia, que terás imaginações no teu coração e conceberás um mau desígnio. E dirás: Subirei contra a terra das aldeias não muradas, virei contra os que estão em repouso, que habitam seguros; todos eles habitam sem muro e não têm ferrolho nem portas; isso a fim de tomar o despojo, e de arrebatar a presa, e tornar a tua mão contra as terras desertas que agora se habitam e contra o povo que se ajuntou dentre as nações, o qual tem gado e possessões e habita no meio da terra”. Ez. 38:10-12.

Ele quer despojar Israel.

E usando a outra palavra (sho’avei) só mudaria a 14ª letra, como segue:

ש (dente) morderei com o DENTE

א (boi) o BOI

ב (casa) e quebrarei a CASA

י (mão) com a minha MÃO.


III – SIGNIFICADO DO NOME MIKHAIL GORBATCHOV, NO GREGO, VALOR NUMÉRICO E SIGNIFICADO DE MOSCOU E RÚSSIA NO GREGO E NO HEBRAICO:

1). MIKHAIL, como já dissemos, é de origem hebraica, e já sabemos seu significado, o que nos resta apenas saber é o seu valor numérico.

Embora na transliteração do hebraico para o grego tenha sido usada a letra χ (qui) em lugar de κ (capa), para que a soma seja 666, transliteraremos do hebraico para o grego usando κ (capa) e não χ (qui), pois na fonética não faz diferença nenhuma.

Na Brit ha Chadasha, Nova Aliança na língua grega esse termo é: Μιχαὴλ, Micael. Judas 9.

Usando a letra κ (capa) = Μικαιλ (Mikail).

Dessa forma o seu valor numérico é igual a 111, idêntico ao hebraico, que multiplicado por seis (nº de homem) é igual 666. Número que representa a imperfeição do homem sem D'us. Imperfeito no corpo, na alma e no espírito, nunca chega ao sétimo dia, o SHABAT (descanso).

2). GORBATCHOV, nós chegamos a uma conclusão que pode ser formada com os prefixos de três palavras gregas:

a) γοργος, gorgós = terrível

b) βατια, batía = espinho

c) ξουθος, xoutós = amarelo / dourado (A cor da foice e do martelo na bandeira da Rússia).

No grego não existe a letra V; como no latim o V é usado no lugar de U, então consideramos o ÚPSILON no lugar do V.

A interpretação ficaria assim: “O TERRÍVEL ESPINHO DOURADO”.

Existe ainda uma outra palavra grega que também tem como prefixo γορ (GOR), é a palavra γοργω, GORGO (GÓRGONA); é o nome de três monstros lendários. Tinham o poder de converter a quantos contemplassem (o “carisma” de um líder). Não que acreditemos em lendas, mas aqui retrata a influência do poder do mal naqueles que não têm o D'us verdadeiro como seu escudo.

Os monstros eram três irmãs: MEDUSA / EURÍALE / ESTENO.

O valor total da palavra γορβατξου, Gorbatchov no grego é 1.006 que multiplicado por 111 (Mikhail) é igual a 111.666, menos 666 = 111.000 x 6 = 666.000 + 666 = 666.666

3). Significado de MOSCOU E RÚSSIA no grego:

a) Cidade de Moscou em grego é πολις μοσκου, Polis Moscou. E como o termo Moscou está no genitivo, indicando posse, teremos a seguinte tradução: CIDADE DE UM FILHOTE ou UMA CIDADE DE UM FILHOTE.

b) O termo grego ρυσιος (rússios) significa PROTETOR, SALVADOR, O QUE DÁ OU TOMA POR COMPENSAÇÃO O DESPOJO, e a Rússia se encaixa muito bem nisso.

1). Significado de Moscou e Rússia no hebraico, também tomando por base a fonética e a transliteração, pois não são palavras de origem hebraica e sim do alfabeto grego ou cirílico:

a) MOSCOU – pode ser formada de duas palavras hebraicas:

משה, Moshe = Moisés (puxando para fora).

כל, kol = (tudo, todo).

Significa dizer que D'us puxará Gog com todo seu exército para fora de Moscou.

b) RÚSSIA – Abaixo seguem duas palavras hebraicas, que juntas formam uma fonética parecida com o termo RÚSSIA:

חושי, chussi (ch = rr), (apressar) “...aquele que crer não se apresse.” Is. 28:16.
“Visto que os meus pensamentos me fazem responder, eu me apresso”.
Jó 20:2.

שאיה
, s'iah = (destruição, desolação) “Na cidade, só ficou a desolação, e, com estalidos, se quebra a porta.” Is. 24:12.

“Prepara-te, sim dispõe-te, tu e todas as tuas congregações...”
Ez. 38:7.


CONCLUSÃO:

Moscou, a cidade de um filhote que toma o despojo por compensação e como um salvador ou protetor puxa todo o seu exército para fora, apressando a destruição, não poderá livrar-se do juízo de D'us sobre si.

“E subirás contra o meu povo de Israel, como uma nuvem, para cobrir a terra; no fim dos dias, sucederá que hei de trazer-te contra a minha terra, para que as nações me conheçam a mim, quando eu me houver santificado em ti aos seus olhos, ó Gogue.” Ez.38:16.

“E contenderei com ele por meio da peste e do sangue; e uma chuva inundante, e grandes pedras de saraiva, fogo e enxofre farei cair sobre ele e sobre as suas tropas, e sobre os muitos povos que estiverem com ele. Assim, eu me engrandecerei, e me santificarei, e me farei conhecer aos olhos de muitas nações; e saberão que eu sou o SENHOR.”Ez.38:22-23.

“... Quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima”. Lc. 21:28.

Por tudo isso entoemos então essa linda canção de Tehilim, Salmos 137:1-6.

אִם-אֶשְׁכָּחֵךְ יְרוּשָׁלִָם - Im eshkachekh Yerushalaim - Se eu me esquecer de ti Jerusalém...

תהילים פרק קלז

א עַל נַהֲרוֹת, בָּבֶל--שָׁם יָשַׁבְנוּ, גַּם-בָּכִינוּ: בְּזָכְרֵנוּ, אֶת-צִיּוֹן.
ב עַל-עֲרָבִים בְּתוֹכָהּ-- תָּלִינוּ, כִּנֹּרוֹתֵינוּ.
ג כִּי שָׁם שְׁאֵלוּנוּ שׁוֹבֵינוּ, דִּבְרֵי-שִׁיר-- וְתוֹלָלֵינוּ שִׂמְחָה:
שִׁירוּ לָנוּ, מִשִּׁיר צִיּוֹן.
ד אֵיךְ--נָשִׁיר אֶת-שִׁיר-יְהוָה: עַל, אַדְמַת נֵכָר.
ה אִם-אֶשְׁכָּחֵךְ יְרוּשָׁלִָם-- תִּשְׁכַּח יְמִינִי.
ו תִּדְבַּק-לְשׁוֹנִי, לְחִכִּי-- אִם-לֹא אֶזְכְּרֵכִי:
אִם-לֹא אַעֲלֶה, אֶת-יְרוּשָׁלִַם-- עַל, רֹאשׁ שִׂמְחָתִי.

»SALMOS [137]

1 Junto aos rios de Babilônia, ali nos assentamos e nos pusemos a chorar, recordando-nos de Sião.
2 Nos salgueiros que há no meio dela penduramos as nossas harpas,
3 pois ali aqueles que nos levaram cativos nos pediam canções; e os que nos atormentavam, que os alegrássemos, dizendo: Cantai-nos um dos cânticos de Sião.
4 Mas como entoaremos o cântico de HaShem, D'us em terra estrangeira?
5 Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, esqueça-se a minha destra da sua destreza.
6 Apegue-se-me a língua ao céu da boca, se não me lembrar de ti, se eu não preferir Jerusalém à minha maior alegria.


Rio de Janeiro, RJ, 21 de setembro de 1991.

(Revisado e complementado em novembro de 2008).

Autor:

פולוס וואלי ✡

Nota sobre minha assinatura:

Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):




terça-feira, 11 de novembro de 2008

Objetivos das duas vindas do Mashiach à terra



PRIMEIRA VINDA DO MASHIACH:

O Mashiach na sua primeira vinda veio como um humilde servo sofredor, e também como um fraco e manso cordeiro. (Yeshayah, Isaías 53). O Cordeiro de D'us que tira o pecado do mundo, na linguagem de Yochanan. (Yochanan, João 1:29,36).

Acesse aqui para saber mais sobre esse humilde servo sofredor e esse cordeiro descrito por Yeshayahu.


relojes web gratis



Data e hora local em Israel




Em sua primeira vinda o Mashiach daria maior ênfase a esses dois ministérios:

a) Profético

b) Sacerdotal

Ministério Profético do Mashiach:

O profeta Daniel profetizou a primeira vinda do Mashiach, dizendo que ele seria tirado (morto) antes da destruição da cidade de Jerusalém. (Daniel 9:25,26).

E nós sabemos que Jerusalém foi destruída no ano 70 da era comum, conforme a história da civilização nos comprova. Portanto essa é uma profecia sobre o Mashiach, na qual se prova que sua primeira vinda já se cumpriu.

Vejam o testemunho desse rabino ortodoxo que descobriu a verdade sobre a profecia das setenta semanas de Daniel. Trata-se do rabino Leopold Cohn, nascido em Berezna, na Hungría em 1862. Eis aí parte do texto em espanhol que contem o testemunho do rabino Cohn:

"Servir como un rabino itinerante le mantuvo a Leopold ocupado; pero nunca tan ocupado como para dejar de lado su interés por el misterio del Mesías. El primer pensamiento que tuvo fue estudiar Daniel, pero pronto recordó que había una advertencia en el Talmud contra cualquiera que estudiara lo concerniente al fin de la era, especialmente, aquellas secciones de Daniel que se refieren a la venida del Mesías y al final de los tiempos. Al respecto, comenta:

"Yo pensaba que en el minuto en que yo abriera para leer aquella parte de Daniel, un relámpago vendría del cielo y me mataría. Pero, otro pensamiento vino, sugiriéndome que aquellos talmudistas que habían hecho declaraciones debían ellos mismos haber estudiado Daniel y las otras Escrituras, concerniente a la venida del Mesías, y que si ellos lo hicieron, él también podría hacerlo. Con temor y temblando, abrí el libro, di una mirada tomando especial importancia en el capítulo noveno. Mi búsqueda me guió a culparme a mí mismo por sospechar de las santas palabras de los hombres sabios. Mientras profundizaba aquella mirada, ya que era totalmente ignorante de Jesús (Yeshua) el Mesiás, y por lo tanto no podía entender completamente que el Mesías debería haber muerto por nuestros pecados. Pronto, me di cuenta que el Mesías debió haber venido cerca de 400 años después que el ángel le habló a Daniel sobre las 70 semanas. Hubo una alegría en mi corazón por encontrar la verdad; que el Mesías había venido en aquel tiempo, de acuerdo a Daniel 9:24. Pero era un gozo mezclado con dolor."
Se vocês sabem ler em inglês, então conheçam mais sobre o testemunho do rabino ortodoxo Leopold Cohn.

E o próprio Mashiach Yeshua exercendo esse ofício ou ministério profético profetizou sobre a destruição da cidade de Jerusalém e também do Templo. (Mateus 24:1,2; Lucas 21:20-24).

Confiram isso nesse outro texto também:

“E, quando já chegava perto da descida do Monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, regozijando-se, começou a dar louvores a D'us em alta voz, por todas as maravilhas que tinham visto, dizendo: Baruch ha ba beShem Adonai! Bendito o que vem em nome de Adonai! Paz no céu e glória nas alturas! E disseram-lhe dentre a multidão alguns dos fariseus: Rabino, repreende os teus talmidim, discípulos. E, respondendo ele, disse-lhes: Digo-vos que, se estes se calarem, as próprias pedras clamarão. E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela, dizendo: Ah! Se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas, agora, isso está encoberto aos teus olhos. Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todas as bandas, e te derribarão, a ti e a teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação." (Lucas 19:37-44).

Ministério Sacerdotal do Mashiach:

Como Sumo Sacerdote o Mashiach ofereceu-se como sacrifício de um cordeiro perfeito, sem mancha e sem ruga (sem pecado) por toda a humanidade. Sendo Ele mesmo o preço da nossa redenção. E hoje o Mashiach intercede ao Eterno pelos seus talmidim, discípulos tal qual fazia o Sumo Sacerdote pelo povo israelita. E foi exercendo esse ofício ou ministério sacerdotal que Yeshua fez a famosa oração intercessória à D'us, o Pai pelos seus talmidim, discípulos. (Yochanan, João 17:1-26).

O Sumo Sacerdote da Ordem Levita vestia-se de roupas simples para a expiação no Yom Kipur, Dia do Perdão (Vayicrá, Levítico 16:4,32), e logo após despia-se das suas vestes humildes e se revestia de suas vestes gloriosas; e se apresentava ao povo, que o aguardava sempre com ansiedade para saber se seus pecados haviam sido perdoados por D'us. (Vayicrá, Levítico 16:23,24).

Yeshua também se despiu primeiramente de suas vestes gloriosas do céu e se revestiu de vestes humildes, tomando nossa forma humana, para se apresentar como o Cohen Gadol, o Sumo Sacerdote. E ser ele mesmo também o próprio cordeiro sendo sacrificado, para nossa expiação e redenção. E depois ele se despiu das vestes humildes e se revestiu de suas vestes gloriosas, para aparecer de novo como vitorioso diante dos olhos de todos, até dos seus inimigos, quando da ressurreição no juízo final.

O Sumo Sacerdote da Ordem Levita com suas vestes gloriosas, após oferecer o sacrifício anual era um tipo do Mashiach, o Sumo Sacerdote da Ordem de Melquisedeque com suas vestes resplandescentes e gloriosas, diante de D'us no céu, à sua destra, após o seu sacrifício ter sido aceito por HaShem.

O rei Davi foi usado pelo Ruach ha Shem para profetizar sobre o ministério sacerdotal de Yeshua, conforme verso abaixo:

“Jurou o Eterno, e não se arrependerá: Tu és um Sacerdote Eterno, segundo a Ordem de Melquisedeque”.
(Tehilim, Salmo 110: 4).

Yeshua apesar de ser chamado de Hanatzri (o renovo), o Nazareno, pois viveu a maior parte da sua vida em Nazaré, aldeia da região da Galileia, contudo nascera em Beit Lechem (casa do pão), que é Belém da Judéia. Ele pertence a linhagem do rei Davi, sendo seu herdeiro direto ao trono. Sendo que a tribo sacerdotal era a de Levi, o que a primeira vista, parece ser uma contradição bíblica, pois a Ordem Sacerdotal Levita também foi instituída pelo Eterno. Porém o Eterno jurou que o Mashiach pertenceria a uma outra ordem sacerdotal, a Ordem de Melquisedeque, que ao contrário da Ordem Levita não necessita de comprovação genealógica para que alguém se torne um sacerdote da mesma. Porque na Ordem Sacerdotal Levita para que um homem exercesse o ofício sacerdotal era preciso que ele comprovasse sua descendência levita pela árvore genealógica. Mas o Mashiach Yeshua não precisou disso para exercer seu ministério sacerdotal, pois Ele pertence a uma outra ordem sacerdotal – a Ordem Eterna de Melquisedeque, uma ordem superior a dos levitas por alguns motivos, dentre eles esses:

1 - Por não ser necessário comprovação genealógica para se exercer o ofício sacerdotal, conforme já exposto acima;

2 - Porque o Sumo Sacerdote Yeshua nunca é substituído por outro como na ordem levita;

3 - Porque nessa Ordem Sacerdotal de Melquisedeque o Sumo Sacerdote Yeshua entrou uma só vez no Santíssimo Lugar, o qual não é terreno e sim celeste, para oferecer não por si, mas por toda raça humana um só sacrifício perfeito, puro, suficiente e eterno à D'us, para redenção, não sendo preciso ser repetido todos os anos como na Ordem Levita o Sumo Sacerdote fazia;

4 - E também porque o Mishkan, Tabernáculo ou o Beit ha Mikdash, Templo onde os sacerdotes da Ordem Sacerdotal de Melquisedeque exercem o ofício não está aqui na Terra e sim no céu, como o próprio D'us disse para Moshe, Moisés, quando lhe dava ordens para fazer o Mishkan, Tabernáculo que o fizesse conforme o modelo que ele viu no monte. Ora esse modelo é o próprio Mishkan, Tabernáculo celestial. (Shemot, Êxodo 25:40; Bemidebar, Números 8:4 comparados com Hebreus 8:5; 9:11,12). Maiores detalhes sobre o Mishkan, Tabernáculo que Moshe construiu e o ofício sacerdotal nele realizado em comparação com o seu modelo, o Mishkan, Tabernáculo celestial e o seu ofício sacerdotal estão descritos na Carta aos Hebreus da Brit ha Chadasha, a Nova Aliança, mais especificamente nos seguintes capítulos e versículos: Hebreus 5:1-10; 7:1-28 até 10:18. Convém que seja lido também esse texto em Hebreus 12:22-29.


SEGUNDA VINDA DO MASHIACH:

Ministério Real do Mashiach:

O Mashiach na sua segunda vinda não virá mais como um humilde servo sofredor e nem como um fraco e manso cordeiro, mas sim revestido de poder e autoridade de rei, e forte e valente como um leão. Pois ele é o Leão da Tribo de Judá!


O ministério real do Mashiach somente terá cumprimento total e final, quando todos os seus inimigos forem postos, pelo Eterno, sob os seus pés. (Tehilim, Salmos 110:1).

D'us usou os lábios do rei Davi, para profetizar sobre o ministério real do Mashiach de Israel, ao qual, Davi chama de “meu Senhor”:

“Disse o Eterno ao meu Senhor: assenta-te a minha mão direita, até que ponha os teus inimigos sob teus pés”
. (Tehilim, Salmo 110: 1).

E o profeta Daniel profetizou sobre a segunda vinda do Mashiach, o Filho do Homem, para reinar sobre Israel e todas as nações, sendo o seu reino o único que não terá fim. Nessa visão Daniel viu o Eterno, descrito como um “Ancião de Dias”, o qual sentou-se sobre um trono de fogo. (Daniel 7: 9). “Até que veio nas nuvens do céu um como o FILHO DO HOMEM” (expressão muito usada por Yeshua, referindo-se a si mesmo: “e então verão vir o FILHO DO HOMEM numa nuvem, com poder e grande glória”. – Lucas 21: 27), “o qual se dirigiu ao Ancião de Dias, o Eterno... E foi-lhe dado o domínio e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino o único que não será destruído.” (Daniel 7: 13, 14).

Portanto, esses dois ofícios ou ministérios sacerdotal e real de Yeshua são eternos. Porque ele é tanto sacerdote, como rei desde a eternidade no coração do Eterno. Baruch HaShem! Bendito seja o seu Nome!

Na primeira vinda o Messias viria para sofrer como Ben Yosseph, filho de José. Esse José foi rejeitado e vendido pelos próprios irmãos. Mas D'us o ajudou, o exaltou e fez com que ele vencesse todos os seus inimigos; assim também Yeshua foi rejeitado pelo seu próprio povo e vendido também, por um de seus discípulos por trinta moedas de prata.

E na sua segunda vinda o Messias virá como Ben David, o filho de Davi e seu herdeiro direto ao trono para assumir o seu reino em Jerusalém, sobre todas as nações. Yosseph, depois de muito sofrer, finalmente foi recompensado por D'us, o Eterno. Assim também Yeshua depois de todo o seu sofrimento, também será recompensado e exaltado pelo Eterno, quando voltar como o filho de Davi. Davi foi um rei vitorioso, o qual pré-figura a pessoa de Yeshua, seu herdeiro ao trono, que na sua segunda vinda há de reinar vitoriosamente sobre toda a Terra, a partir de Jerusalém.

Agora Yeshua é o “Cordeiro de D'us” que tira o pecado do mundo (Yochanan, João 1:29), o Redentor, o Sacerdote Eterno segundo a Ordem Sacerdotal de Melquisedeque, o Advogado e o צָפְנַת פַּעְנֵחַ, Tzaphenat Paenêach, que literalmente quer dizer Intérprete dos Mistérios, título este concedido por Faraó à Yosseph, José por ele ter interpretado seu sonho (Bereshit, Gênesis 41:45). E por isso mesmo Yosseph veio a ser o Salvador do Mundo da época, tipificando Yeshua ha Mashiach como o Intérprete dos Mistérios de D'us por excelência e o Salvador do Mundo de todas as épocas.

Portanto, conforme já falamos acima, Yeshua voltará, mas ele não virá mais como um cordeiro, sinal de fraqueza e mansidão, mas sim como um leão, símbolo de fortaleza e valentia, porque ele é o “Leão da Tribo de Judá” que venceu (Apocalipse 5:5), o Rei dos reis e Senhor dos senhores (Apocalipse 17: 14) e o Juiz por Excelência.

Nota:

O judaísmo anterior ao nascimento de Yeshua acreditava que o Mashiach poderia vir de duas formas.

Acesse o vídeo postado no Facebook e comprove isso.


Acreditamos ser esses os principais objetivos das duas vindas do Mashiach à Terra.

ברוך השם כי ישוע הוא מלך של מלכים !

Bendito seja D'us porque Yeshua é o Rei dos reis!

Lehitraot.

פולוס וואלי ✡

Nota sobre minha assinatura:

"Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):



sábado, 8 de novembro de 2008

Yeshua não veio trazer paz à terra e sim espada



»MATEUS [10]
34 Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer שלום, shalom, paz, mas ESPADA.
35 Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
36 e assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa.
37 Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
38 E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
39 Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á.
40 Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.

Nota:

Yeshua disse que não veio trazer paz à terra e sim espada referindo-se ao fato de que, quando numa família alguém o reconhece e o segue, então os outros membros daquela família passam a perseguir aquele que passou a seguir o Mashiach, pelo fato de não o compreender, conforme texto abaixo:

"Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós."
(Matitiahu, Mateus 5:11,12).

Mas a paz completa em toda a terra só acontecerá na era messiânica, quando Yeshua voltar com poder e grande glória para estabelecer o seu reino sobre o trono do rei David, em Jerusalém e sobre toda a terra.



relojes web gratis



Data e hora local em Israel



MATEUS [26]
51 E eis que um dos que estavam com Yeshua, estendendo a mão, puxou da ESPADA e, ferindo o servo do sumo sacerdote, cortou-lhe uma orelha.
52 Então Yeshua lhe disse: Mete a tua ESPADA no seu lugar; porque todos os que lançarem mão da ESPADA, à ESPADA morrerão.
53 Ou pensas tu que eu não poderia rogar a meu Pai, e que ele não me mandaria agora mesmo mais de doze legiões de anjos?
54 Como, pois, se cumpririam as Escrituras, que dizem que assim convém que aconteça?

»LUCAS [2]
34 E Simeão os abençoou, e disse a Maria, mãe do menino: Eis que este é posto para queda e para levantamento de muitos em Israel, e para ser alvo de contradição,
35 sim, e uma ESPADA traspassará a tua própria alma, para que se manifestem os pensamentos de muitos corações.
36 Havia também uma profetisa, Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era já avançada em idade, tendo vivido com o marido sete anos desde a sua virgindade;
37 e era viúva, de quase oitenta e quatro anos. Não se afastava do templo, servindo a D'us noite e dia em jejuns e orações.
38 Chegando ela na mesma hora, deu graças a D'us, e falou a respeito do menino a todos os que esperavam a redenção de Jerusalém.
39 Assim que cumpriram tudo segundo a lei de HaShem, voltaram à Galiléia, para sua cidade de Nazaré.

»ROMANOS [8]
31 Que diremos, pois, a estas coisas? Se D'us é por nós, quem será contra nós?
32 Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará também com ele todas as coisas?
33 Quem intentará acusação contra os escolhidos de D'us? É D'us quem os justifica;
34 Quem os condenará? Yeshua ha Mashiach é quem morreu, ou antes quem ressurgiu dentre os mortos, o qual está à direita de D'us, e também intercede por nós;
35 quem nos separará do amor do Mashiach? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a ESPADA?
36 Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro.
37 Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou.
38 Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades,
39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de D'us, que está em Yeshua ha Mashiach nosso Senhor.

»ROMANOS [13]
1 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de D'us; e as que existem foram ordenadas por D'us.
2 Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de D'us; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação.
3 Porque os magistrados não são motivo de temor para os que fazem o bem, mas para os que fazem o mal. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela;
4 porquanto ela é ministro de D'us para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a ESPADA; porque é ministro de D'us, e vingador em ira contra aquele que pratica o mal.

EFÉSIOS [6]
10 Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
11 Revesti-vos de toda a armadura de D'us, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo;
12 pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes.
13 Portanto tomai toda a armadura de D'us, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes.
14 Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça,
15 e calçando os pés com a preparação das boas novas da paz,
16 tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno.
17 Tomai também o capacete da salvação, e a ESPADA do Espírito, que é a palavra de D'us;
18 com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos,

»HEBREUS [4]
12 Porque a palavra de D'us é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer ESPADA de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
13 E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas.
14 Tendo, portanto, um grande sumo sacerdote, Yeshua, Filho de D'us, que penetrou os céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.

»HEBREUS [11]
32 E que mais direi? Pois me faltará o tempo, se eu contar de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas;
33 os quais por meio da fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam a boca dos leões,
34 apagaram a força do fogo, escaparam ao fio da ESPADA, da fraqueza tiraram forças, tornaram-se poderosos na guerra, puseram em fuga exércitos estrangeiros.
35 As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;
36 e outros experimentaram escárnios e açoites, e ainda cadeias e prisões.
37 Foram apedrejados e tentados; foram serrados ao meio; morreram ao fio da ESPADA; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, necessitados, aflitos e maltratados
38 (dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos e montes, e pelas covas e cavernas da terra.
39 E todos estes, embora tendo recebido bom testemunho pela fé, contudo não alcançaram a promessa;
40 visto que D'us provera alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles, sem nós, não fossem aperfeiçoados.

»APOCALIPSE [1]
16 Tinha ele na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda ESPADA de dois gumes; e o seu rosto era como o sol, quando resplandece na sua força.
17 Quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último.
18 Eu sou o que vivo; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre! e tenho as chaves da morte e do inferno.
19 Escreve, pois, as coisas que tens visto, e as que são, e as que depois destas hão de suceder.

»APOCALIPSE [2]
12 Ao anjo da kehilá em Pérgamo escreve: Isto diz aquele que tem a ESPADA aguda de dois gumes:
16 Arrepende-te, pois; ou se não, virei a ti em breve, e contra eles batalharei com a ESPADA da minha boca.

»APOCALIPSE [13]
9 Se alguém tem ouvidos, ouça.
10 Se alguém leva em cativeiro, em cativeiro irá; se alguém matar à ESPADA, necessário é que à ESPADA seja morto. Aqui está a perseverança e a fé dos santos.

»APOCALIPSE [19]
11 E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava montado nele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga a peleja com justiça.
12 Os seus olhos eram como chama de fogo; sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.
13 Estava vestido de um manto salpicado de sangue; e o nome pelo qual se chama é o Verbo de D'us.
14 Seguiam-no os exércitos que estão no céu, em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.
15 Da sua boca saía uma ESPADA afiada, para ferir com ela as nações; ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor da ira do D'us Todo-Poderoso.

Seria essa uma afirmação contraditória de Yeshua?

Mesmo que essa afirmação de Yeshua, de que ele não veio trazer PAZ à terra, mas sim ESPADA pareça um paradoxo, Yeshua, para alguns veio trazer שלום,SHALOM, PAZ sim, porém para outros ele veio trazer ESPADA.

Porque Yeshua veio trazer PAZ para todos aqueles que o receber como o verdadeiro Mashiach e ESPADA, para todos aqueles que o rejeitar. Pois ele é o שר־שלום, Sar Shalom, PRÍNCIPE DA PAZ e em conseqüência dessa rejeição, então não podem ter essa PAZ quem assim proceder.


Portanto ele não se contradisse quando fez essa declaração de que não veio trazer PAZ e sim ESPADA.

Duas opções para o ser humano:

A Torah apresenta para o povo de Israel duas alternativas:

»DEUTERONÔMIO [11]
26 Vede que hoje eu ponho diante de vós a BÊNÇÃO e a MALDIÇÃO:
27 A bênção, se obedecerdes aos mandamentos do Senhor vosso D'us, que eu hoje vos ordeno;
28 porém a maldição, se não obedecerdes aos mandamentos do Senhor vosso D'us, mas vos desviardes do caminho que eu hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que nunca conhecestes.
29 Ora, quando o Senhor teu D'us te introduzir na terra a que vais para possuí-la, pronunciarás a bênção sobre o monte Gerizim, e a maldição sobre o monte Ebal.

»DEUTERONÔMIO [30]
19 O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,
20 amando ao Senhor teu D'us, obedecendo à sua voz, e te apegando a ele; pois ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias; e para que habites na terra que o Senhor prometeu com juramento a teus pais, a Abraão, a Isaque e a Jacó, que lhes havia de dar.

Eis aí o que disse também o profeta Yeshayahu, Isaías sobre essas duas opções que D'us deu aos israelitas, mas que também é para toda raça humana:

»ISAÍAS [1]
18 Vinde, pois, e arrazoemos, diz D'us: ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se-ão como a lã.
19 Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o bem desta terra;
20 mas se recusardes, e fordes rebeldes, sereis devorados à ESPADA; pois a boca do Senhor o disse.

Devemos fazer uma escolha sábia.

D'us deixou para o ser humano essa escolha entre a PAZ e a ESPADA.

Então cada um de nós tem essa responsabilidade sobre os ombros...

O que desejamos para nossas vidas?

A PAZ


ou a ESPADA?

Lembrem-se de que essa decisão é nossa.

Lehitraot.

פולוס וואלי ✡

Nota sobre minha assinatura:

"Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):