terça-feira, 30 de dezembro de 2008

D'us é eterno e infinito porque não tem princípio e nem fim



Shalom chaverim!

A finalidade desse tópico é deixar bem claro que nunca um filho nasceu ao mesmo tempo que seu pai e muito menos antes do mesmo, obviamente... Pois para que um filho exista é preciso que antes de mais nada o mesmo seja gerado por um pai, evidentemente... Assim também Yeshua foi gerado pelo seu Pai ou HaShem, aquele que é sem princípio e sem fim... Por isso mesmo quanto ao tempo da sua existência HaShem é eterno, e quanto ao espaço que ocupa no universo Ele é infinito. Yeshua por sua vez é o princípio da criação de D'us e o primogênito, isto é, o primeiro filho em relação a nós que somos filhos de D'us por adoção. Mas Yeshua é também o unigênito ou o único filho legítimo de HaShem.

Eis aí então o que se diz de HaShem em oposição ao que se diz sobre Yeshua ser o Alfa e o Ômega e o Princípio e o Fim. Porque o Alfa e o Ômega bem como o Princípio e o Fim demonstram limitação de uma linha reta, a qual deixa de ser infinita porque tem princípio e fim como a letra alfa e a letra ômega limitam o alfabeto grego.


relojes web gratis




Data e hora local em Israel



O termo hebraico אמת, 'emet, significa verdade e começa com a letra א, alef, a primeira do alfabeto, no meio está a letra מ, mem, que é também a letra do meio do alfabeto e no fim está a letra ת, tav, a última do alfabeto. Isso demonstra claramente que sendo Yeshua a אמת, 'emet, verdade como ele próprio disse ser, significa dizer que ele é o Princípio, o Meio e o Fim. E todos nós sabemos que não existe verdade sem princípio, meio e fim.

Outro detalhe da primeira e da última letra do alfabeto hebraico é o significado de cada uma delas: O א, alef significa BOI e o ת, tav significa CRUZ, em outras palavras, inicialmente Yeshua veio como um BOI ou como um SERVO para finalmente morreu numa CRUZ.

Yeshua, portanto não é infinito, pois ele teve início como בן האלהים, Ben ha Elohim, filho de D'us ao ser gerado por HaShem numa determinada era da eternidade, e teve início também como בן־אדם, Ben Adam, Filho do Homem ao ser gerado pelo רוח אלהים, Ruach Elohim, o Espírito de D'us no ventre de Miriam. E ainda como Filho do Homem ele teve fim ao morrer naquela cruz, embora também tenha ressuscitado.

HaShem é SEM PRINCÍPIO E SEM FIM, porque se Ele tivesse PRINCÍPIO ou FIM, já não seria ETERNO e INFINITO...

Vejam o que diz o cântico ADON OLAM na página 288 do Sidur, editado pela Editora Sêfer:


"ADON OLAM - Senhor do Universo

Ele é o Senhor do Universo, sobre o qual reinou antes mesmo de toda criatura ser criada. No momento em que fez tudo conforme o Seu desejo, então foi proclamado Rei Altíssimo. E depois de tudo acabado, só o Temido reinará. Ele esteve, está e estará em glória. Ele é único e não há segundo que possa ser comparado e juntado a Ele. SEM PRINCÍPIO E SEM FIM, a Ele pertence a força e o domínio. Ele é meu D'us e o meu vivo redentor, fortaleza para me ajudar em minhas dores e no dia da minha angústia. Ele é meu estandarte e o meu refúgio, partilha do meu cálice no dia em que O invocar. Confiarei meu espírito em suas mãos no momento de cair no sono, e de novo despertarei. E meu espírito, meu corpo, também Lhe entrego. O Eterno está comigo e assim nada receio."

Agora vejam esse vídeo e ouçam essa lindíssima canção ao Eterno nosso D'us:


Yeshiva Boys Choir

Adon olam, asher malach,
b'terem kol y'tzir nivra.
L'et na'asah v'cheftzo kol,
azai melech sh'mo nikra.
V'acharey kichlot hakol,
l'vado yimloch nora.
V'hu haya, v'hu hoveh,
v'hu yih'yeh b'tifara.

V'hu echad, v'eyn sheni
l'hamshil lo, l'hachbira.
B'li reishit, b'li tachlit,
v'lo ha'oz v'hamisrah.

V'hu Eli, v'chai go'ali,
v'tzur chevli b'et tzarah.
V'hu nisi umanos li,
m'nat kosi b'yom ekra.

B'yado afkid ruchi
b'et ishan v'a'irah.
V'im ruchi g'viyati,
Adonai li v'lo ira.

O Eterno nosso D'us é SEM PRINCÍPIO E SEM FIM, enquanto que o seu filho Yeshua teve início, quando foi gerado numa determinada era antes que houvesse mundo ou alguma coisa criada, mesmo as celestiais, inclusive os anjos.

Eis aí alguns textos bíblicos que provam que Yeshua é o princípio e o fim ou primeiro e último e o filho unigênito e também o primogênito de D'us:

»TEHILIM, SALMOS [2]
7 Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei.

»MISHLEI, PROVÉRBIOS [30]
4 Quem subiu ao céu e desceu? quem encerrou os ventos nos seus punhos? mas amarrou as águas no seu manto? quem estabeleceu todas as extremidades da terra? qual é o seu nome, e qual é o nome de seu filho? Se é que o sabes?

»MATITIAHU, MATEUS [1]
21 ela dará à luz um filho, a quem chamarás YESHUA; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.

»MATITIAHU, MATEUS [3]
17 e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

MATITIAHU, MATEUS [16]
16 Respondeu-lhe Simão Pedro: Tu és o MASHIACH, o Filho do D'us vivo.

»MATITIAHU, MATEUS [17]
5 Estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu; e dela saiu uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.

»YOCHANAN, JOÃO [1]
14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.

»YOCHANAN, JOÃO [3]
16 Porque D’us amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

»ROMANOS [8]
29 Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos;

»YVRIM, HEBREUS [1]
6 E outra vez, ao introduzir no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de D’us se prostrem diante dele.

»APOCALIPSE, REVELAÇÃO [1]
5 e da parte de Yeshua ha Mashiach, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra.

»APOCALIPSE, REVELAÇÃO [3]
14 Ao anjo da kehilah em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de D'us:

»APOCALIPSE, REVELAÇÃO [21]
6 Disse-me ainda: está cumprido: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem tiver sede, de graça lhe darei a beber da fonte da água da vida.

ΑΠΟΚΑΛΥΨΙΣ ΙΩΑΝΝΟΥ 22:13 Greek NT: WH / NA27 / UBS4 with Concordance


[13] חֲזוֹן יוֹחָנָן פֶּרֶק כב

»APOCALIPSE, REVELAÇÃO [22]
13 Eu sou o Aleph e o Tav (o Alfa e o Ômega), o primeiro (רֹאשׁ, ro'sh, cabeça, líder) e o derradeiro (סּוֹף, soph, último), o princípio (רִאשׁוֹן, ri'shon, início) e o fim (אַחֲרוֹן, 'acharon, término).

Podemos parafrasear esse versículo acima assim:

"Eu sou o Aleph e o Tav (o Alfa e o Ômega), o cabeça (o primeiro, o líder, o que está na frente) e o derradeiro (o último, o que está no final, atrás), o início e o término (o princípio e o fim)."

D'us é ONIPRESENTE, ONIPOTENTE E ONISCIENTE sim, mas Yeshua não.

Infelizmente algumas pessoas para defender a tese de que Yeshua e o Pai, HaShem são a mesma pessoa usam a expressão: D'us é onipresente, para dizer com isso que o Pai está presente na pessoa de Yeshua. E isso só confunde aqueles que não têm profundidade nas Escrituras...

Por D'us ser ONIPRESENTE não significa dizer que Ele seja o seu próprio filho, pois mesmo antes de o gerar Ele sempre FOI, É e sempre SERÁ ONIPRESENTE.

E o fato de D'us está em Yeshua reconciliando o mundo consigo mesmo também não quer dizer que Ele seja Yeshua, pois Ele, HaShem também está em nós dando continuidade a essa reconciliação dos homens com Ele, pois somos seus instrumentos para levar a mensagem de salvação em Yeshua aos demais pecadores. E isso não quer dizer que nós também somos a mesma pessoa do Pai. Que loucura é essa?

Além disso Yeshua não é ONIPRESENTE, porque ele mesmo disse que foi enviado a esse mundo pelo Pai e também que algum dia voltará. Ora quem é ONIPRESENTE não se desloca de um local para o outro.

Yeshua também não é ONIPOTENTE, pois ele mesmo disse que o Pai é maior do que todos e também do que ele. (Yochanan, João 10:29; 14:28).

E Yeshua também não é ONISCIENTE, porque ele mesmo disse que quanto a sua segunda vinda nem os anjos, nem o filho sabem o dia e a hora, mas unicamente o Pai, HaShem. (Matitiahu, Mateus 24:36; Atos 1:7).

Yeshua é o Filho de D'us e o Filho do Homem.

Yeshua já era o filho de HaShem muito antes de ser gerado pelo Ruach HaShem no ventre de Mariam, Maria. (Mishlei, Provérbios 30:4).

Yeshua é o filho de D'us quanto a sua natureza divina ser anterior a sua geração no ventre de Maria; e Filho do Homem quanto a sua natureza humana ser gerada muito depois no ventre da mesma. E se a natureza de Yeshua não fosse humana, então ele não poderia realizar a redenção de nossas vidas. Yeshua era 100% elohim, divino antes de vir a esse mundo. E após ser gerado no ventre de Miriam ele passou a ser 100% humano, o Filho do Homem. Como homem ele foi sujeito as mesmas fraquezas que temos, porém sem ter pecado. Sua vida aqui na Terra foi semelhante a de Adão antes de sua queda, porém com apenas uma diferença - de ser conhecedor do bem e do mal.

Portanto, como elohim ele já existia desde o princípio até deixar a sua glória, ou seja, sua natureza divina de Filho de D'us e se fazer carne, humano conforme nos diz Yochanan, João 1:1,2,14.

E depois de ressuscitado ele tomou de novo a sua natureza 100% divina de Filho de D'us.

Ele mesmo se denomina como Filho do Homem, vejam:

»MATITIAHU, MATEUS [24]
27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do FILHO DO HOMEM.

»LUCAS [18]
31 Tomando Yeshua consigo os doze, disse-lhes: Eis que subimos a Jerusalém e se cumprirá no FILHO DO HOMEM tudo o que pelos profetas foi escrito;

Nós, os seguidores do Mashiach também fomos gerados como filhos de D'us, mas não através da carne e sangue e sim pelo רוח אלהים, Ruach Elohim, Espírito de D'us, confiram nesses versículos abaixo:

»YOCHANAN, JOÃO [1]
12 Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de D'us;
13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de D'us.

Provas que HaShem já tinha Yeshua como seu filho antes que houvesse mundo:

»YOCHANAN, JOÃO [1]

2 Ele estava no princípio com HaShem.

»YOCHANAN, JOÃO [1]
14 E o Verbo (Yeshua) se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.

»YOCHANAN, JOÃO [3]
16 Porque D'us amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
17 Porque D'us ENVIOU SEU FILHO AO MUNDO, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

»YOCHANAN, JOÃO [17]
5 Agora, pois, glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que eu tinha contigo antes que o mundo existisse.

Um texto bíblico do Tanach mal interpretado:

"Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Elohim." Yeshayahu, Isaías 44:6

Sobre esse texto eu tenho a dizer o seguinte:

Texto original:

כֹּה-אָמַר יְהוָה מֶלֶךְ-יִשְׂרָאֵל וְגֹאֲלוֹ, יְהוָה צְבָאוֹת: אֲנִי רִאשׁוֹן וַאֲנִי אַחֲרוֹן, וּמִבַּלְעָדַי אֵין אֱלֹהִים.

Apenas traduzirei esses termos: אֲנִי רִאשׁוֹן וַאֲנִי אַחֲרוֹן

אֲנִי = 'aniy (eu), pron. 1a. pes. sing.

רִאשׁוֹן = ri'shon, adj. masc. sing. dec. 1a. da raíz ראש que significa cabeça, chefe, líder (Lexicon pág. 671 e 672).

אֲנִי רִאשׁוֹן = 'aniy ri'shon, eu sou líder, cabeça ou chefe, ou o que está na frente.

וַ = va (e), conjunção.

אֲנִי ='aniy (eu), pron. 1a. pes. sing.

אַחֲרוֹן = 'acharon, adj. masc. sing. da raíz אחר e significa derradeiro, último, aquele que está atrás, por último ou no final. (Lexicon pág. 19 e 20).

Sendo assim a interpretação mais correta seria essa:

"Eu Sou o CABEÇA (o líder, o que está à frente ou em primeiro lugar) e Eu Sou o DERRADEIRO (aquele que está no final, isto é, o que está também em último lugar ou atrás)."

Isso faz lembrar e muito a formação de um exército preparado para a batalha, pois assim HaShem sempre fez com relação ao exército de Israel, aliás a parte "A" do versículo menciona HaShem como יְהוָה צְבָאוֹת, Adonay Tzivaot, Senhor dos Exércitos, porque Ele sempre esteve na frente como o Líder e também no final desse exército, para protegê-lo dos seus inimigos.

Isso está bem distante da tradução atual desse texto para a língua portuguesa, a qual pode sugerir que יְהוָה, Adonay tenha princípio e fim quanto a sua existência e quanto ao espaço que ocupa no universo, por se dizer que Ele seja “o primeiro e o último”... Mas sabemos que isso não é verdade, conforme podemos provar com a tradução correta feita acima. E que apresenta הוָה, Adonay como o CABEÇA, o LÍDER ou AQUELE que está à frete... E também como AQUELE que está no FINAL, na RETAGUARDA para defender o seu povo.

E sobre HaShem ter dito que FORA d'Ele não existe Ehohim (Divino) a explicação é a seguinte:

Isso não se aplica a Yeshua, pois ele foi gerado pelo próprio D'us. Portanto procede do Pai, NÃO FORA d'Ele, mas n'Ele e por Ele e não por uma criatura... Por isso mesmo ele tem o DNA do Pai... E como já disse, Yeshua é Elohim (Divino), mas não é o próprio HaShem, o Adonay Echad.

Vejam esse vídeo e ouçam essa lindíssima canção:

ריקי אוגול - אנא בכוח


Tradução no Sidur Completo

Cabalat Shabat - Sidur Completo editado pela Editora Sêfer - página 249

Ana bechoach - Rogamos-Te

"ANA BECHOACH - Rogamos-Te que desates com o poder e grandeza da Tua destra, as ataduras do cativeiro.
Aceita o clamor do Teu povo; ó Temido! exalta-nos e purifica-nos.
Ó mui poderoso! Rogamos-Te que preserves, como a menina dos olhos, os que defendem a Tua Unidade.
Abençoa-os, purifica-os, outorga-lhes com Tua Justiça benevolente, contínuo galardão.
Tu que és o mais Alto e Santo, guia Teu povo consagrado, com a abundância da Tua generosidade.
Tu que és a exaltada Unidade, volta-Te para o Teu povo que sempre recorda a Tua Santidade.
Aceita as nossas orações e ouve os nossos clamores, ó Tu, que conheces o encoberto!
Bendito seja o Nome daquele cujo glorioso Reino é eterno."

Portanto, o único D'us, eterno quanto a sua existência, a qual transcende ao tempo; e infinito quanto ao seu tamanho, o qual transcende o universo demonstrou o seu eterno e infinito amor pela sua criação, que deu o seu único e amado filho para redenção da mesma.

Lehitraot.

פולוס וואלי עבד ישוע ✡

Nota sobre minha assinatura:

"Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):




quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Yeshua na festa de Chanukah



"Celebrava-se então em Yerushalaim, Jerusalém a festa de חנוכה‎, Chanukah, dedicação. E era inverno. Andava Yeshua passeando no בית המקדש , Beit ha Mikdash, Templo, no pórtico de Shlomoh, Salomão. Rodearam-no, pois, os yehudim, judeus (seus patrícios) e lhe perguntavam: Até quando nos deixarás perplexos? Se tu és o Mashiach (Cristo), diga-nos abertamente. Respondeu-lhes Yeshua: Já vos disse, e não credes. As obras que eu faço em nome de meu Pai (HaShem), essas dão testemunho de mim. Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas. As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem; eu lhes dou a vida eterna, e jamais perecerão; e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai (HaShem), que as deu para mim, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai." (Yochanan, João 10:22-29).


relojes web gratis



Data e hora local em Israel




É interessante notar que na primeira Aliança a festa de חנוכה, Chanukah não é mencionada, pois a mesma só veio a existir após a formação do canon do תנ"ך, Tanakh. Mas na segunda Aliança, isto é, na ברית החדשה, Brit ha Chadashah se fala da mesma, conforme texto acima mencionado.

Chanukah fala de um grande milagre.

Mas o curioso de tudo isso nessa festa de Chanukah que Yeshua participou está no fato dos judeus contemporâneos de Yeshua acreditarem no milagre que houve no primeiro Chanukah ou primeira dedicação à D'us do Beit ha Mikdash, Templo, quando o óleo ou azeite que servia de combustível para manter as lâmpadas da menorah acesas foi multiplicado por um grande milagre de D'us, pois só havia quantidade suficiente para apenas um dia, mas o mesmo durou oito dias, até que se fabricasse mais azeite kosher, limpo ou não profanado; contudo a maioria desses mesmos judeus não acreditavam nos milagres realizados por Yeshua, milagres esses em maiores proporções que esse do primeiro Chanukah, como por exemplo: Ressuscitar mortos, curar cegos, surdos e paralíticos, acalmar tempestade, alimentar quase 5.000 (cinco mil) homens, além de mulheres e crianças com apenas 05 (cinco) pães e 02 (dois) peixes, etc... (Lucas 7:22, 8:22-25; Mattitiahu, Mateus 14:15-21).

Esses judeus até admitiam esses milagres de Yeshua, porque não havia como negá-los por serem tão evidentes, mas eles não atribuíam esses milagres como sendo de HaShem e sim de Beelzebú, príncipe dos demônios, conforme disseram para Yeshua, após ele ter expulsado um demônio de um homem. (Mattitiahu, Mateus 12:22-28).

Mas, Yeshua disse que eles não acreditavam nele por não serem das suas ovelhas, conforme texto citado acima.

Outro milagre que os judeus tradicionais acreditam ter acontecido refere-se ao cumprimento da promessa feita por HaShem para Avraham, Abraão e Sarah de que gerariam um filho, mesmo estando eles já velhos e não mais aptos para isso, contudo por um milagre de D'us conseguiram gerar a Isaac; todavia esses judeus não acreditam que uma virgem pudesse dar à luz a Yeshua por um milagre do Ruach HaShem.

Isso só prova que não há critérios para se crer num milagre e não crer em outro...



Nessa festa a חנוכיה, Chanukiah, candelabro ou menorah de oito hastes laterais e uma central é acendida usando-se uma vela auxiliar chamada שַׁמָּשׁ, shamash, que significa "servente". Isso nos reporta ao Servo Sofredor, descrito por Yeshaihahu ha navi, o profeta Isaías. Esse Servo Sofredor não é outro senão o Mashiach, o qual veio ao mundo com a luz de HaShem, para ser luz tanto para judeus como para gentios.

Vejamos o que as Escrituras falam sobre a luz de HaShem no Mashiach e em nós, seus seguidores:

“... Pouco é que tu sejas meu servo, para restaurares as tribos de Yaacov, Jacó, e tornares a trazer os remanescentes de Israel; também te dei como לְאֹור גֹּויִם , leor goyim, LUZ para os gentios (as nações), para seres a minha salvação até à extremidade da terra”. (Yeshayah, Isaías 49:6).

Disse Yeshua: “Eu sou a LUZ DO MUNDO; quem me segue não andará em trevas, mas terá a LUZ DA VIDA." (Yochanan, João 8:12).

“Nele está a vida eterna, e essa vida dá luz a toda a humanidade. A sua vida é a luz que brilha nas trevas, e estas nunca poderão pôr fim a essa luz”. (Yochanan, João 1:4,5).

“Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós que outrora nem éreis povo, e agora sois de D'us; vós que não tínheis alcançado misericórdia, e agora a tendes alcançado”. (I Kephas, I Pedro 2:9,10).

“O Senhor é a minha luz e a minha salvação...” (Tehilim, Salmo. 27:1).

“D'us amou tanto o mundo que deu o seu único Filho para que todo aquele que nele crê não se perca espiritualmente, mas tenha a vida eterna. D'us não mandou o seu Filho para condenar o mundo, mas para o salvar. Para os que confiam nele como Salvador não há condenação eterna. Mas os que não confiam nele já estão julgados e condenados por não crerem no Filho único de D'us. E são condenados por a luz do céu ter vindo ao mundo, mas eles preferirem as trevas à luz, pois só fazem o mal. Eles odeiam a luz celestial porque querem pecar nas trevas. Afastam-se da luz com medo de os seus pecados serem postos às claras e sofrerem castigo. Mas os que procedem bem procuram a luz para que todos vejam que estão a fazer o que D'us deseja.” (Yochanan, João 3:16-21).

E eis aqui uma mensagem que achamos na internet, porém agora com algumas modificações feitas por nós:


חנוכה שמח, Chanukah Sameach, Happy Chanukah, Feliz Chanukah!

Dê um CLIQUE DUPLO neste Chanukah!
ARRASTE a luz do Eterno, a qual está em Yeshua ha Mashiach
para seu DIRETÓRIO PRINCIPAL,
SALVE-A em todos os seus ARQUIVOS PESSOAIS,
SELECIONE-A como seu DOCUMENTO MESTRE...

Que Yeshua seja seu MODELO
para FORMATAR sua vida:
JUSTIFIQUE-A e ALINHE-A
À DIREITA e À ESQUERDA,
sem QUEBRAS na sua caminhada.

Que Ele não seja apenas
um ÍCONE, um ACESSÓRIO,
uma FERRAMENTA, um RODAPÉ,
um PERIFÉRICO,
um ARQUIVO TEMPORÁRIO,
mas o CABEÇALHO,
a LETRA CAPITULAR,
a BARRA DE ROLAGEM
de seu caminhar.

Que Ele seja a FONTE de energia
para sua ÁREA DE TRABALHO,
o PAINTBRUSH
para COLORIR seu sorriso,
a CONFIGURAÇÃO de sua simpatia,
a NOVA JANELA para VISUALIZAR
o TAMANHO de seu amor.

No seu dia-a-dia, seja Ele
o PAINEL DE CONTROLE
para DESFRAGMENTAR sua vida,
fazer DOWNLOAD de seus sonhos
e OPTIMIZAR suas realizações.

DESATIVE seu egoísmo,
COMPACTE suas liberdades,
CANCELE seus RECUOS,
e DELETE seus ERROs. (Autor desconhecido).


Que as luzes da chanukiah brilhem, brilhem anunciando a todos, judeus e gentios que a verdadeira e perfeita LUZ vem de HaShem, através de Yeshua ha Mashiach, o Salvador Ungido pelo Eterno, para resgatar o ser humano do poder do pecado e das trevas para sua maravilhosa luz.

Portanto tenham todos vocês uma festa de Chanukah alegre e cheia da luz de HaShem, luz essa simbolizada pelas luzes da chanukiah, a qual representa o Mashiach refletindo a luz de D'us para o mundo.


Vejamos agora esses vídeos e ouçamos essas lindíssimas músicas sobre a festa de Chanukah.

Lich'vod Hachanukkah - Chaim Nachman Bialik - Chanukkah Song


Chanukkah Song - Happy Chanukkah (Carol Boyd Leon)


חנוכה שמח, Chanukah Sameach!

Paulo Valle ✡ פולוס וואלי

Nota sobre minha assinatura:

"Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):