domingo, 2 de novembro de 2008

O DNA físico e metafísico de Avraham avinu



Um judeu que ainda não tem o Mashiach é um judeu incompleto, mas aquele que já o reconheceu e o tem, esse verdadeiramente é um judeu completo e autêntico. Abraão era goy, mas obedeceu ao chamado do Eterno e creu n'Ele e essa fé o justificou diante d'Ele e por isso mesmo deixou de ser um goy para ser um membro da família de D'us. (Bereshit, Gênesis 15:6).



relojes web gratis




Data e hora local em Israel



Um número expressivo de judeus naturais no mundo professa a fé judaico messiânica. Esses judeus são aqueles que têm o DNA físico de Avraham avinu, e que por identificar e seguir o Mashiach se completam como judeus, ou seja, são agora judeus não apenas de descendência física, mas também de DNA metafísico do patriarca, caracterizado pela mesma fé (Bereshit, Gênesis 15:6, Romanos 4:16,17) no D'us único, fé essa que qualifica não apenas judeus, mas também gentios como verdadeiros filhos espirituais, de coração e de alma de Avraham.

Mas, infelizmente são muitos os que nasceram num lar judaico, que freqüentam uma sinagoga e que estão inseridos na comunidade, mas que não têm aquela mesma fé que teve Avraham Avinu. E para vergonha do povo de D’us, muitos são até ateus, espíritas, macumbeiros e ainda se dizem judeus. Será que não leram na Torah, na Lei, a qual proíbe a todos os yehudim, judeus de praticar tais coisas. (Devarim, Deuteronômio 18:9-14).

Sabemos que há também aqueles que verdadeiramente procuram seguir a D'us corretamente, mas mesmo esses não conhecem as Escrituras como deveriam, porque se a conhecessem mesmo por certo não rejeitariam a mensagem do Mashiach.

תֶּרַח, Terach, pai de Avraham avinu, Abraão nosso pai era idólatra, conforme nos mostra esse texto do livro de יהושוע, Yehoshu'a, Josué:

וַיֹּאמֶר יְהוֹשֻׁעַ אֶל-כָּל-הָעָם, כֹּה-אָמַר יְהוָה אֱלֹהֵי יִשְׂרָאֵל, בְּעֵבֶר הַנָּהָר יָשְׁבוּ אֲבוֹתֵיכֶם מֵעוֹלָם, תֶּרַח אֲבִי אַבְרָהָם וַאֲבִי נָחוֹר; וַיַּעַבְדוּ, אֱלֹהִים אֲחֵרִים.

"Disse então Josué a todo o povo: Assim diz o יְהוָה , D'us de Israel: Além do Rio habitaram antigamente vossos pais, Terach, pai de Avraham e de Nachor; e serviram a outros deuses." (יהושוע, Yehoshua, Josué 24:2).

E a tradição judaica nos fala dessa idolatria de Terach, pai de Avraham avinu.

O chamado de Abraão está descrito na Parashah Lech Lechá, que significa literalmente "Vai por ti mesmo", que em outras palavras dizia para o patriarca se desprender daquilo que o impedia de servir ao Eterno, pois tanto o seu pai como toda sua parentela eram idólatras. E por isso mesmo eles eram gentios, isto é, estrangeiros ou estranhos para com os oráculos Divinos. Esse texto acima mencionado, do livro de Yehoshua, Josué nos dá a entender claramente que Avraham avinu antes de ter um encontro e uma experiência pessoal e íntima com o Único D'us chegou também a servir esses ídolos, conforme declaração feita pelo próprio Eterno: וַיַּעַבְדוּ, אֱלֹהִים אֲחֵרִים, "e serviram a outros deuses". Mas apesar de ter passado por tudo isso, depois ele conseguiu se libertar do politeísmo e passar a crer apenas no Único D'us, até que recebeu o chamado para o seguir e servi-lo.

E foi somente aos 75 anos, após um longo período de absoluta e total devoção, que o Eterno se revelou a Abraão pela primeira vez, apresentando-se com o chamado Divino “Lech Lechá” – “Sai da tua terra, da tua pátria e da casa do teu pai para a terra que Eu te mostrarei” (Bereshit, Gênesis 12).

Avraham avinu era portanto um goy, um gentio, um pagão (Mateus 18:17), ou ainda, um estrangeiro para com D'us antes de ter um encontro pessoal com Ele, pois fora criado no meio da idolatria de seu pai e como já disse, ele também chegou a servir esses ídolos.

Mas, depois ele conseguiu se libertar do politeísmo e passou a crer apenas no Único D'us, até obedecer ao chamado do Eterno para sair de Ur dos Caldeus, e do meio da sua parentela idólatra, e por obedecer ao Eterno recebeu o sinal da circuncisão como pertencente ao Eterno.

E o chamado dos goyim, gentios não é diferente do chamado de Avraham, Abraão no que diz respeito a ter que deixar a idolatria para servir o Único D'us.

E com respeito aos judeus, entretanto, muitos que são judeus de pai e mãe, que vão a sinagoga, que estão inseridos na comunidade local, etc., ainda não saíram de Ur dos Caldeus, na realidade Ur dos Caldeus é que não saiu ainda de seus corações, tal como a mulher de Ló, a qual olhou para trás e se tornou em uma estátua de sal, pois o seu coração estava contaminado com o pecado de luxúria das cidades de Sodoma e Gomorra. Por isso mesmo já que ela não foi o sal da terra em vida, o Eterno a transformou em sal na sua morte como castigo.

O termo cristão é o mesmo que messiânico, e messiânicos são todos os judeus ou não judeus que acreditam no Mashiach. Você acredita no Mashiach? Se a resposta for sim, então você também é um messiânico ou cristão, pois os dois termos significam UNGIDOS. E um goy (gentio) que passa a crer também no Mashiach, passa a ser um judeu por adoção, através do Mashiach, como nos falou o judeu Shaul, o enviado para anunciar as boas novas de salvação em Yeshua aos goyim, que os goyim foram enxertados na oliveira verdadeira (a casa de Israel). (Romanos 11:17). Porque as Escrituras afirmam que os que são da fé é que são descendentes de Abraão, ou seja, aqueles que são de coração ou de intenção (kavaná), para efeito da promessa que o Eterno fez ao patriarca que diz: “em ti serão benditas todas as famílias da terra”. (Bereshit, Gênesis 12:3; 17:4; Romanos 4:16,17; Gálatas 3:7-14). Pois o que mais importa mesmo ao Eterno, não é o fato de alguém ser judeu apenas na carne, ou seja, ser descendente de Abraão apenas geneticamente ou até mesmo puramente por religião, mas sim de ter o DNA ou toda a cadeia genética metafísica do patriarca, isto é, ser filho de Abraão, através da mesma fé que o patriarca tinha no único D'us, fé essa que o capacitava a ter intimidade com o Eterno.

De que vale ser judeu de pai e mãe e até recitar o SHEMÁ (Devarim, Deuteronômio 6:4), se essa pessoa não tem a mesma fé monoteísta que caracteriza os verdadeiros descendentes espirituais de Abraão?

Ser judeu messiânico é ser um judeu completo, pois o judeu que ainda não reconheceu o Mashiach Yeshua, ainda é um judeu incompleto, por não ter ainda o Messias em sua vida, pois é o Messias quem nos une e nos completa no Eterno, através da expiação dos pecados no seu sangue, porque sem derramamento de sangue não há remissão de pecados. (Vayicrá, Levítico 17:11).

Perguntamos aos judeus que se gabam de cumprirem as mitzvot da Torah: Qual é o sangue que faz expiação pelos seus pecados, já que o Mishkan ou o Beit ha Mikdash não esta levantado e por isso mesmo não se pode sacrificar ao Eterno?

Mas, Yeshua se ofereceu a si mesmo como sacrifício único, porém perfeito, eterno e suficiente para resgate do ser humano e expiação de seus pecados. E sobre o ser ou não ser judeu, na realidade "no Mashiach Yeshua nem a circuncisão nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura no Mashiach." (Gálatas 6:15; Efésios. 2:11-22).

Pois o Eterno fez dos dois povos (judeus e gentios) um só povo, o qual é superior aos anteriores e que tem dupla nacionalidade, a terrena e a celeste, e pela celeste "somos embaixadores da parte do Mashiach, como se D'us por nós rogasse. Rogamos da parte do Mashiach que vocês se reconciliem com D'us." (II Corintios 5:17-20).

E os goyim que não eram povo do Eterno e nem membros da família de D’us, agora são povo e filhos do Eterno, pois foram comprados por um preço altíssimo, a saber: O PRÓPRIO SANGUE DO JUDEU MAIS FAMOSO DO MUNDO, a saber, O PRÓPRIO FILHO DO ETERNO, o RABINO dos rabinos, SENHOR dos senhores e REI dos reis YESHUA HAMASHIACH.

Yeshua questiona alguns de seus patrícios (israelitas) quanto a eles serem verdadeiros filhos de Avraham avinu:

"Sim, bem sei que são descendentes de Abraão! Contudo, alguns de vocês tentam matar-me porque a minha mensagem não encontra abrigo nos vossos corações. O que eu vos digo é o que vi junto de meu Pai, o Eterno; mas é o conselho do vosso pai que vocês seguem." "O nosso pai é Abraão", declararam."Não", respondeu Yeshua. "Se fossem filhos de Abraão, seguiriam o seu exemplo. Em vez disso, porém, procuram matar-me, apenas por vos ter dito a verdade que ouvi de D'us. Abraão jamais faria uma coisa dessas! Procedendo assim, é ao vosso verdadeiro pai que obedecem."Protestaram: "Não somos bastardos; o nosso verdadeiro pai é o próprio D'us."

Yeshua disse-lhes: "Se D'us fosse o vosso pai, amar-me-iam, porque é da parte de D'us que vim. Não estou aqui por resolução minha, antes foi ele que me enviou. Porque não entendem o que vos digo? Porque não podem compreender. Pois vocês são filhos do vosso pai, o Diabo, e querem praticar a maldade que ele pratica. Desde o princípio que ele tem sido homicida e inimigo da verdade; nele não há nada de verdade. Quando ele mente, faz o que lhe é próprio, porque é o pai da mentira. Assim, quando vos digo a verdade, é natural que não acreditem. Qual de vocês me pode acusar com verdade de um único pecado que seja? E, uma vez que vos digo a verdade, porque não acreditam em mim? Todo aquele cujo Pai é D'us escuta as palavras que de D'us vêm. Uma vez que o não fazem, isso só prova que não são de D'us."

Yeshua fala de si próprio: "O povo retorquiu:" "Bem dizemos nós que és samaritano e que tens demônio!" "Não", disse Yeshua, "não tenho demônio, porque honro meu Pai, o Eterno, mas vocês desonram-me. E, embora não tenha desejo de me glorificar, D'us quer que eu o seja. É ele quem julga. Digo-vos com toda a verdade que quem guarda as minhas palavras não verá a morte!"

"Os judeus exclamaram: Agora sabemos que estás possuído por um demônio. Até Abraão e os profetas morreram e, contudo, dizes que obedecer-te faz com que uma pessoa não morra. Serás porventura maior do que o nosso pai Abraão, que morreu? E do que os profetas, que morreram? Quem julgas tu que és? Yeshua respondeu: Se estivesse simplesmente a honrar-me a mim próprio, isso não contaria. Meu pai, a quem vocês chamam vosso D'us, é quem me honra. Mas vocês nem sequer o conhecem, enquanto que eu conheço-o. Se dissesse qualquer outra coisa, seria tão mentiroso como vocês. Mas, na verdade, conheço-o e obedeço-lhe. O vosso pai Abraão alegrou-se ao ver o meu dia. Sabia que eu viria e ficou satisfeito. Os judeus disseram: "Não tens ainda cinqüenta anos e viste Abraão?" Yeshua replicou: "A verdade é que ainda antes de Abraão nascer eu já era quem sou! "Naquela altura, pegaram em pedras para o matar. Mas Yeshua foi ocultado à sua vista e, passando por eles, saiu do templo." (Yochanan, João 8:37-59).

Sendo assim, o próprio Yeshua testificou sobre o DNA metafísico de Avraham avinu, o nosso pai na fé conforme nos falou ha shaliach Shaul, Paulo, o emissário das boas novas de redenção e salvação em Yeshua aos goym, gentios: "E assim como Abraão creu em D'us, e isso fez com que D'us o considerasse justo, da mesma forma, só os que têm a mesma fé em D'us é que são os verdadeiros filhos de Abraão. E as Escrituras previram que D'us havia de perdoar e aceitar os goyim, gentios em resultado da sua fé, quando dizem que D'us se dirigiu a Abraão com estas palavras: Abençoarei por ti todos os povos. E, por isso, todos os que põem a sua fé no Mashiach beneficiam-se da mesma bênção que Abraão." (Gálatas 3:6-9).

"Pois, que diz a Escritura? Creu Abraão a D'us, e isso lhe foi imputado como justiça. Ora, ao que trabalha não se lhe conta a recompensa como dádiva, mas sim como dívida; porém ao que não trabalha, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é contada como justiça; assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem D'us atribui a justiça sem as obras, dizendo: Bem-aventurados aqueles cujas iniqüidades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputará o pecado. Vem, pois, esta bem-aventurança sobre a circuncisão somente, ou também sobre a incircuncisão? Porque dizemos: A Abraão foi imputada a fé como justiça. Como, pois, lhe foi imputada? Estando na circuncisão, ou na incircuncisão? Não na circuncisão, mas sim na incircuncisão. E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé que teve quando ainda não era circuncidado, para que fosse pai de todos os que crêem, estando eles na incircuncisão, a fim de que a justiça lhes seja imputada, bem como fosse pai dos circuncisos, dos que não somente são da circuncisão, mas também andam nas pisadas daquela fé que teve nosso pai Abraão, antes de ser circuncidado. Porque não foi pela lei que veio a Abraão, ou à sua descendência, a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, mas pela justiça da fé." (Romanos 4:3-13).

Mas, infelizmente Israel continua cego, porém isso é para que se cumpra o que está escrito sobre eles não acreditar em Yeshua: Israel teria um coração endurecido contra O Messias [Yeshayah, Isaías 6:9-10a, Yochanan, João 12:37-40]. Porque é mais fácil Israel aceitar como judeus aqueles que professam sua fé no espiritismo, macumba, budismo e outros ismos do que mesmo no seu verdadeiro Mashiach. Abaixo colamos uma resposta nossa para alguns judeus no Orkut:


O termo messiânico vem de Messias, o qual originou-se da palavra hebraica Mashiach (UNGIDO) que foi traduzido para o grego por Cristós que obviamente significa também UNGIDO. E que por sua vez deu origem ao termo cristão/cristianismo ou messiânico/messianismo. Portanto, se um judeu acredita que o Mashiach virá, mesmo que ainda não tenha identificado esse Mashiach como sendo Yeshua, então esse judeu é um JUDEU MESSIÂNICO. E como alguém pode dizer que o Judaísmo Messiânico não existe? Seria bom que essas pessoas revissem seus conceitos sobre esse assunto. Maiores informações serão encontradas no nosso comentário sobre o Sêder de Pêssach denominado de A Redenção Profetizada no Sêder de Pêssach.

D'us os colocou em sono porque tudo tem um propósito, como está escrito: "D'us lhes deu espírito de profundo sono, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até ao dia de hoje". (Romanos 11:8)
Mas ninguém deve se gloriar por estar ligado na videira verdadeira só porque alguns judeus não estão. "Dirás, pois: Os ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado. Está bem; pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé. Então não te ensoberbeças, mas teme". (Romanos 11:19,20).

"Porque, se D'us não poupou os ramos naturais, teme que não te poupe a ti também. E também eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é D'us para os tornar a enxertar. Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira, quanto mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira! Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades. O endurecimento de Israel veio em parte, para que os gentios pudessem entrar na família de D'us." (Romanos 11:23-26).

Disse Yochanan: Destas próprias pedras o Eterno pode suscitar filhos a Avraham. Eis aí o texto, no qual ele fala isso:

"Já o profeta Yeshayahu, Isaías tinha anunciado este trabalho de Yochanan, João: "Um brado se ouve no deserto: Preparem um caminho para o Senhor; endireitem a via por onde ele há-de andar." O vestuário de Yochanan, João era feito de pêlo de camelo, e usava também um cinto de couro; o seu alimento consistia em gafanhotos e mel silvestre. Gente de Jerusalém e de todo o vale do Jordão, e até de todas as partes da Judéia, vinham ao deserto para o ouvir pregar. Confessavam os seus pecados, e Yochanan, João fazia טבילה, tevilá (imersão) no Rio Jordão. Mas, ao ver muitos fariseus e saduceus que queriam também passar pelo mikve, avisava-os: "Vocês são como serpentes! Quem vos disse que podiam escapar à ira futura de D'us? Antes de passar pela טבילה, tevilá (imersão), têm de provar que abandonaram o pecado, praticando obras que mostrem arrependimento. Não tentem escapar pensando que estão em segurança por serem judeus, descendentes (filhos) de Abraão. Isso nada prova! D'us até pode transformar estas pedras em filhos de Abraão! E, agora mesmo, o machado do julgamento de D'us está erguido para derrubar pela raiz as árvores que não dão fruto. Serão derrubadas e queimadas. Eu batizo com água quem se arrepende; mas vem aí outro, muito maior do que eu, tão grande que nem sou digno de lhe levar os sapatos! Ele vai imergí-los no Ruach HaShem, Espírito de D'us e no fogo. Separará a palha do grão; queimará a palha com fogo que jamais se apagará, e arrecadará o grão".
(Mattiahu, Mateus 3:3-12). E se o Eterno pode suscitar filhos a Avraham das próprias pedras, como nos disse Yohanan, quanto mais do meio dos goyim, gentios.

É interessante notar que quando o Eterno disse para Avraham que o mesmo seria pai de muitas nações, no original hebraico consta o termo GOYIM para referir-se a nações e sabemos que goyim são todos os gentios, portanto o Eterno fez de Avraham o pai de uma multidão de gentios. Baruch HaShem!!!!!!!

Porque o nome anterior do patriarca era Avram, que significa PAI EXALTADO;

Mas, D'us mudou o seu nome para Avraham, que significa PAI DA MULTIDÃO.

Nota:

Significados dos termos גוי, goy e גוים, goyim:

Fica evidente então que o termo גוים, goyim se refere as nações ou povos e jamais se referiu a Israel, pois Israel é um גוי, goy, uma nação ou um povo, conforme podemos constatar em vários versículos das Escrituras, como estes por exemplo:

1) גוי, goy, povo, nação - Bereshit, Gênesis 20:4

בראשית פרק כ:ד
וַאֲבִימֶלֶךְ, לֹא קָרַב אֵלֶיהָ; וַיֹּאמַר--אֲדֹנָי, הֲגוֹי גַּם-צַדִּיק תַּהֲרֹג.

"Ora, Abimeleque ainda não se havia chegado a ela: perguntou, pois: Senhor matarás porventura também um גוֹי, goy, povo (nação) justo?" (Gênesis 20:4).

2) גוים, goyim, povos, nações (gentios) - Tehilim, Salmos 9:20; Yeshayah, Isaías 42:6 e Atos 13:47

מַעֲשֵׂי הַשְּׁלִיחִים פֶּרֶק יג:מז
כִּי כֵן אָמַר לָנוּ יְהוָֹה נְתַתִּיךָ לְאוֹר גּוֹיִם לִהְיוֹת יְשׁוּעָתִי עַד־קְצֵה הָאָרֶץ׃

"Porque assim nos ordenou o Senhor: Eu te pus para luz dos גּוֹיִם, goyim, povos (nações ou gentios), a fim de que sejas para salvação até os confins da terra." (Atos 13:47).

3) גוי, goy, povo ou nação - Yechezeqe'l, Ezequiel 37:22 (Aqui se fala de Israel como uma nação ou um povo).

יחזקאל פרק לז:כב
וְעָשִׂיתִי אֹתָם לְגוֹי אֶחָד בָּאָרֶץ, בְּהָרֵי יִשְׂרָאֵל, וּמֶלֶךְ אֶחָד יִהְיֶה לְכֻלָּם, לְמֶלֶךְ; וְלֹא יהיה- (יִהְיוּ-) עוֹד לִשְׁנֵי גוֹיִם, וְלֹא יֵחָצוּ עוֹד לִשְׁתֵּי מַמְלָכוֹת עוֹד.

"E deles farei גוֹי אֶחָד, goy echad, um único povo (nação) na terra, nos montes de Israel, e um rei será rei de todos eles; e nunca mais serão duas nações, nem de maneira alguma se dividirão para o futuro em dois reinos;" (Ezequiel 37:22).

4) גוי, goy, gentio ou indivíduo não pertencente a nação de Israel - Mattiahu, Mateus 18:17

מַתָּי פֶּרֶק יח:יז
וְאִם־לֹא יִשְׁמַע אֲלֵיהֶם וְהִגַּדְתָּ אֶל־הַקָּהָל וְאִם־לֹא יִשְׁמַע גַּם־אֶל־הַקָּהָל וְהָיָה לְךָ כְּגוֹי וּכְמוֹכֵס׃

"Se recusar ouvi-los, dize-o à Kehilah (congregação); e, se também recusar ouvir a Kehilah, considera-o כְּגוֹי, kegoy, como gentio ou como pagão e publicano." (Mateus 18:17).

Mas, o contexto da frase dirá de quem se fala, de גוֹי, goy como um povo ou de גוֹי, goy como um indivíduo, conforme foi demonstrado acima.

Portanto, essa multidão de גוים, goyim, nações, povos, gentios de que D'us promete à Avraham ser o pai deles não se refere a nação de Israel, pois esta seria composta dos descendentes diretos do patriarca e não dessa multidão de nações, as quais seriam consideradas descendentes do patriarca apenas pela fé, conforme nos diz Shaul em Romanos 4:16,17.

Logo, todos que têm essa mesma fé no único D'us, como tinha Avraham avinu também são filhos do patriarca pelo DNA metafísico, isto é, pela mesma fé monoteísta no Adonai Echad. Veja o texto original de Bereshit:


אני הנה בריתי אתך והיית לאב המון גוים׃ ולא־יקרא עוד את־שמך אברם והיה שמך אברהם כי אב־המון גוים נתתיך׃


"Quanto a mim, eis o meu concerto contigo é, e serás o pai de uma multidão de גוים, goyim (gentios) nações; E não se chamará mais o teu nome Avram (Abrão), mas Avraham (Abraão) será o teu nome; porque por pai da multidão de גוים, goyim (gentios) nações te tenho posto." (Bereshit Gênesis 17:4,5).

E em nossos dias temos visto essa palavra de HaShem se cumprir entre as nações, entre os goyim, os gentios. Amén ve amén!

Baruch Atá Adonai Eloheinu Melech ha olam ve baruch Yeshua ha Mashiach Melech ha yehudim!!!!!!!

Lehitraot.

פולוס וואלי ✡

Nota sobre minha assinatura:

"Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):




Postar um comentário